noticias Seja bem vindo ao nosso site Assú Todo Dia!

Estado

Nova data outra vez: Chefe do setor de serviços do DNIT diz que desvio emergencial na BR 304 deverá ficar pronto sexta-feira (17)

Construção de desvio na BR-304 custará R$ 6,1 milhões, segundo o chefe do Serviço de Planejamento e Projetos, Francisco Nunes

Publicada em 15/05/24 às 08:54h - 15 visualizações

Gustavo Varela/Assú Todo Dia


Compartilhe
Compartilhar a noticia Nova data outra vez: Chefe do setor de serviços do DNIT diz que desvio emergencial na BR 304 deverá ficar pronto sexta-feira (17)  Compartilhar a noticia Nova data outra vez: Chefe do setor de serviços do DNIT diz que desvio emergencial na BR 304 deverá ficar pronto sexta-feira (17)  Compartilhar a noticia Nova data outra vez: Chefe do setor de serviços do DNIT diz que desvio emergencial na BR 304 deverá ficar pronto sexta-feira (17)

Link da Notícia:

Nova data outra vez: Chefe do setor de serviços do DNIT diz que desvio emergencial na BR 304 deverá ficar pronto sexta-feira (17)
A construção começou em 03 de abril, três dias após o km 203,5 da BR-304/RN, em Lajes, ser interditado  (Foto: Divulgação)

Mais uma vez o DNIT adiou a entrega do desvio na BR-304, que está interditada desde o final do mês de março, na altura do município de Lajes, após fortes chuvas que caíram na região. A liberação do desvio, prevista para esta quarta-feira (15), foi cancelada pela terceira vez.

Em nota, o órgão diz que vai realizar a entrega “nos próximos dias”, mas prefere não fixar uma data. Contudo, durante audiência pública na Assembleia Legislativa, o chefe do Serviço de Planejamento e Projetos do DNIT/RN, Francisco Igor Nunes, disse que o acesso ficará pronto até a próxima sexta (17).

A declaração foi dada na tarde dessa terça-feira (14), ocasião em que ele também disse que essa obra emergencial custará R$ 6.169.202,19.

A expectativa nossa é de que na próxima sexta-feira a gente consiga construir o serviço e abrir para o tráfego, em função da capacidade de execução é uma estimativa que a gente faz, esperamos que não chova e acredito que a gente consegue cumprir esse prazo”, declarou.

O motivo do atraso continua sendo em razão do clima, que estaria interferido na conclusão da obra.

O DNIT informa que o cronograma de conclusão do desvio está sendo revisto devido às condições climáticas. A expectativa da autarquia é de concluir o serviço nos próximos dias”, diz a nota do órgão.

A construção começou em 03 de abril, três dias após o km 203,5 da BR-304/RN, em Lajes, ser interditado. A previsão inicial era de que o desvio, de cerca de 500 m, fosse feito em 15 dias, sendo entregue, portanto, em 18 de abril. Mas não ocorreu.

Uma semana após essa data, o DNIT informou que a obra estava 50% executada e, naquela ocasião, sendo instalada a tubulação do bueiro que vai garantir o fluxo do riacho Bom Fim. Também disse que a conclusão dos serviços estava condicionada “a condições climáticas favoráveis, uma vez que o excesso de chuva dificulta a colocação de material do pavimento. Contudo, a expectativa é de que o desvio já esteja operando na primeira quinzena de maio”, divulgou o órgão naquele momento.

Esse prazo foi modificado e o a autarquia acreditou que poderia adiantar a entrega. Empolgada com essa ideia, após uma reunião com o diretor-geral do DNIT, Fabrício Galvão, em Brasília, no dia 6 de maio, a governadora Fátima Bezerra, anunciou que a nova data seria o dia 10, sexta-feira passada.

Existia a expectativa de se antecipar a conclusão, mas as condições climáticas não foram favoráveis. Permanece o prazo inicial: o final da primeira quinzena de maio”, justificou. O prazo não foi cumprido.

O órgão diz que quando finalizado, o desvio terá 500 metros de extensão, 10,5 metros de largura (incluindo dois acostamentos de 1,5 metro cada) em pavimento de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). A camada de CBUQ terá sete centímetros de espessura, garantindo aos usuários mais segurança ao trafegar e possibilitando a passagem de veículos pesados.

A pista é provisória. Será utilizada enquanto a travessia da rodovia que cedeu não for feita. Após isso, será aproveitada como parte do canteiro de obras para a execução da nova ponte. A ponte a ser construída vai substituir a estrutura que colapsou no final de março em decorrência das fortes chuvas.

Para esta obra principal, o anteprojeto para contratação emergencial de empresa que vai construí-la está em análise pela equipe técnica da autarquia. Após a aprovação do anteprojeto, será dado início ao processo de contratação de empresa para a obra, no 2º semestre.

Importante esclarecer que a nova estrutura terá conformações diferentes da travessia que colapsou, visando elevar a capacidade de vazão”, diz.

Desde o final de abril, um desvio construído em propriedade privada, nas proximidades da ponte, tem desafogado o tráfego na região. Quem prefere não usar essa alternativa, pode trafegar por rotas alternativas, como a Estrada do Óleo. A orientação é que os motoristas que seguem no sentido Natal-Mossoró utilizem a BR-226/RN, seguindo por Currais Novos e Jucurutu (via Florânia), até Triunfo Potiguar, pela RN-233 até Assú, acessando a BR-304, em direção a Mossoró. Uma segunda rota, pega a BR-406/RN até Macau, seguindo pela RN-118, acessando a BR-304/RN (acesso no km 118, após o ponto de interdição), em direção a Mossoró.

Já quem vai no sentido Mossoró-Natal, a sugestão é sair pela BR-304/RN e acessar a RN- 118 (acesso a Ipanguaçu), no sentido Macau. Depois, ingressar na BR-406/RN, em direção à capital Natal. Numa segunda rota sai da BR-304/RN, acessa RN-118 (acesso a São Rafael), via Jucurutu para BR-226/RN. Outra opção é utilizar a BR-110/RN e pegar a BR-226/RN até Natal.

Fonte: Tribuna do Norte




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84) 99465-0642

Visitas: 393549
Usuários Online: 45
Copyright (c) 2024 - Assú Todo Dia
Converse conosco pelo Whatsapp!