noticias Seja bem vindo ao nosso site Assú Todo Dia!

Política

George Soares solicita regulamentação de lei para coibir furto de fios e cabos no RN

A lei prevê punições a estabelecimentos que não cumprirem com regras para a compra e venda desse tipo de produto

Publicada em 28/09/23 às 15:32h - 44 visualizações

Gustavo Varela


Compartilhe
Compartilhar a noticia George Soares solicita regulamentação de lei para coibir furto de fios e cabos no RN  Compartilhar a noticia George Soares solicita regulamentação de lei para coibir furto de fios e cabos no RN  Compartilhar a noticia George Soares solicita regulamentação de lei para coibir furto de fios e cabos no RN

Link da Notícia:

George Soares solicita regulamentação de lei para coibir furto de fios e cabos no RN
Segundo George, \"no entanto uma lei sem regulamentação pode perder força e aplicabilidade\"  (Foto: Reprodução/ALRN)

O crescente registro de furtos de fios e cabos no Rio Grande do Norte foi pauta no horário das lideranças na sessão desta quinta-feira (28), na Assembleia Legislativa do Estado. O deputado estadual George Soares (PV) solicitou a regulamentação de uma lei, de sua autoria, aprovada em 2017 que já previa formas para coibir e punir o furto destes equipamentos em território potiguar. 

O furto do cobre tem causado prejuízo enorme a empresários e moradores que se utilizam de energia e internet. Esperamos que o governo possa regulamentar nossa lei, que estabelece medidas específicas para inibir esses crimes”, disse o parlamentar. 

A lei prevê punições a estabelecimentos que não cumprirem com regras para a compra e venda desse tipo de produto. 

Segundo George, “no entanto uma lei sem regulamentação pode perder força e aplicabilidade”. 

O deputado relatou ainda que foram registrados furtos de 30 mil metros de cabos em Natal no ano passado. 

O que representa um prejuízo significativo para os natalenses, com interrupções de energia elétrica e outros serviços”, completou.  

O deputado Adjuto Dias (MDB) também se pronunciou no horário das lideranças. O parlamentar abordou recente notícia em torno de um policial militar que, com uma criança no colo, precisou reagir a tiros a um cachorro que avançava contra ele. O fato motivou o registro de um boletim de ocorrência do tutor do animal.  

O policial saca a arma instintivamente e se a gente não tivesse imagens desse fato? Que tipo de julgamento o policial estaria passando? Isso quando não sai a notícia de forma deturpada. Então propomos essa reflexão, para que as pessoas procurem se informar melhor sobre o que aconteceu. Vamos sempre fazer essa reflexão do cuidado no julgamento das outras pessoas”, finalizou. 

Fonte: Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84) 99465-0642

Visitas: 361817
Usuários Online: 66
Copyright (c) 2024 - Assú Todo Dia
Converse conosco pelo Whatsapp!