noticias Seja bem vindo ao nosso site Assú Todo Dia!

Política

PL repudia ataques feitos a Michelle Bolsonaro por militante do PT em live na internet

“Se a gente não achar um jeito de destruir ela politicamente, quiçá de outras formas, como jurídica, por exemplo, comprovando os crimes e tornando ela também inelegível, nós vamos arrumar um problema para a cabeça”, disse a professora Elenira Vilela

Publicada em 13/01/24 às 08:34h - 32 visualizações

Gustavo Varela


Compartilhe
Compartilhar a noticia PL repudia ataques feitos a Michelle Bolsonaro por militante do PT em live na internet  Compartilhar a noticia PL repudia ataques feitos a Michelle Bolsonaro por militante do PT em live na internet  Compartilhar a noticia PL repudia ataques feitos a Michelle Bolsonaro por militante do PT em live na internet

Link da Notícia:

PL repudia ataques feitos a Michelle Bolsonaro por militante do PT em live na internet
Michelle foi ameaçada na internet  (Foto: MARCELLO CASAL JUNIOR/AGÊNCIA BRASIL — ARQUIVO)

O PL repudiou nesta sexta-feira (12), por meio de nota, ataques sofridos pela presidente do PL Mulher e ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro por uma militante do PT. As falas foram feitas em transmissão ao vivo na internet. 

A gravidade da ameaça proferida pela mulher filiada ao PT contra a integridade de Michelle Bolsonaro está nítida e engloba, segundo as palavras dessa militante petista, não só uma destruição política e judicial, mas uma variedade de outras possibilidades”, afirma a nota. 

Em uma live que discutia política no Brasil, a professora Elenira Vilela chamou Michelle de “carta na manga” da direita. 

Se a gente não achar um jeito de destruir ela politicamente, quiçá de outras formas, como jurídica, por exemplo, comprovando os crimes e tornando ela também inelegível, nós vamos arrumar um problema para a cabeça”, afirma. 

Estariam eles mandando recados para despertar um novo 'Adélio Bispo' [que esfaqueou Bolsonaro em 2018]? Estariam revelando ou plantando em seus militantes ideias de novos planos criminosos? Diante das ameaças e do histórico criminal de vários militantes de extrema-esquerda, já estamos adotando as medidas judiciais cabíveis”, afirma o texto do PL. 

O partido afirma que “as medidas judiciais já foram adotadas e seguirão seu trâmite natural nas esferas competentes”. 

A professora se manifestou por meio de redes sociais e diz que a frase foi retirada de contexto, considerando que ela estava fazendo uma análise sobre o papel de Michelle na política. 

A frase completa dita por mim e recortada jamais sugeriu o assassinato de ninguém”, explica. 

Elenira afirma que o “recorte manipulado” foi compartilhado por autoridades como senadores e deputados, e que faz parte de um “processo sistemático da direita brasileira” com o intuito de “derrubar a possibilidade de comunicação dessas pessoas que denunciam o papel perverso dos governos autoritários”. 

Fonte: R7 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (84) 99465-0642

Visitas: 361823
Usuários Online: 2
Copyright (c) 2024 - Assú Todo Dia
Converse conosco pelo Whatsapp!